photo casamento_zps67bhvouv.jpg

Hoje ao assistir o Jornal Hoje, fiquei ligadinha em uma matéria, no qual mulheres maduras, bem decididas e sucedidas, trocavam ideias sobre a vida, filhos e hoje em especial relacionamentos.
Mulheres com faixa etária entre 20 a 50 anos, falando sobre viver a vida com seriedade, amores, maternidade e novos relacionamentos, ainda mais após uma separação. Quem pensa que depois do fim de um casamento duradouro ou não, a vida acaba esta redondamente enganado! A vida continua o que vale é ser feliz sempre.

Fiquei parada assistindo e pensando que é isso mesmo. A vida só irá tomar outro rumo e, você terá que escrever uma nova história.
Gostei! Isso mostra como as mulheres de hoje vivem bem e melhor, e encontrar alguém que te faça feliz não é tão difícil assim, quando estamos abertas para conhecer outras pessoas.

Hoje as mulheres são independentes em tudo! Tem total controle sobre a sua vida. Podemos trabalhar ter filhos na idade que acharmos melhor.
A vida é linda demais, os anos passam rápido e viver é bem com você mesma e com quem faz parte de nossas vidas é melhor ainda.
Viver novos relacionamentos é muito bom, mas se amar primeiro é essencial acima de TUDO.  E elas frisaram bem este fator.

Nos dias atuais, nós mulheres temos uma vida repleta, completa e intensa. Amar alguém é bom demais, contudo não há necessariamente que concretizar um casamento a moda antiga. Ainda mais se já foi casada, este compromisso de morar no mesmo teto depois de sair de um casamento não tem sido uma das prioridades das mulheres brasileiras. O que achei super, mega interessante rs, acho que tenho cabeça de velha, ou é por que ainda não passei por este processo… Mulheres Pra Frentex kkkkk.

Mas há sim mulheres que sonham com seus príncipes encantados, realizam mentalmente relacionamentos intensos e duradouros, ainda mais se ainda não casou.
Querendo ou não ainda há mulheres assim como eu, que sonham em construir uma história, com marido, filhos, trabalho e amor. Construir uma família ainda é um dos projetos de vida de muitas que sonham em fincar raízes e um alicerce forte.

Outro fato interessante é que as mulheres com mais de 50 anos, após o fim do casamento e novo relacionamento, não colocaria em pratica uma relação estável no mesmo teto. É muitas não querem mais “morar junto”. Elas preferem cada um na sua casa.
Outro ponto em questão foi a maternidade. A maternidade mexe muito com os sentimentos de todas as mulheres, é um dos sentimentos de realizações que tendem a se tornar realidade, casada ou não.  O sonho de ser mãe ainda é um dos fatores que fariam muitas mulheres felizes interiormente. O fato de se entregar incondicionalmente para alguém deixa a mulher fragilizada e sonhadora.

Ser mãe é algo tão incrível, tão pessoal e intenso. E este desejo pode ser adiado até meados dos quarenta anos. Claro que com certos riscos. Mas pode tornar-se realidade.
Muitas adiam para obter suas realizações pessoais e, ao findar a sua maturidade e sonhos concluídos eis que se completam por inteiro.

Sonhos concretizados e alicerces construídos com firmeza mostram que viver, sonhar e amar fazer parte da vida de todos; Homens e mulheres, todos lutam por um ideal a FELICIDADE.
Então fica a dica. Homens sejam mais românticos, sensíveis e com senso de humor, afinal de contas gente mal humorada é muito chato. Sejam mais sensíveis, elogiem mais, diga mais EU Te Amo e, sejam mais carinhosos. Os anos passam, mas, algumas coisas continuam como antigamente.